​Setembro Amarelo ganha destaque em ações da Câmara Municipal de Bragança Paulista
04 de Setembro, 2019
Legislativo promove mesa-redonda sobre prevenção ao suicídio na próxima quinta-feira (12/9), às 16h

Durante a 31ª sessão ordinária do Legislativo, realizada nesta terça-feira (3/9), o Setembro Amarelo foi um dos destaques. O vereador Dr. Claudio foi quem motivou a abordagem do tema, trazendo a irmã Odette Bechara, coordenadora do Serviço de Escuta na Paróquia Nossa Senhora da Conceição para tratar do assunto. Além desta ação, a Câmara, por meio da Escola do Parlamento, realiza, na próxima quinta-feira (12/9), às 16h, mesa-redonda sobre prevenção ao suicídio.

Na Tribuna Livre, Dr. Claudio expôs dados alarmantes sobre o suicídio no Brasil e no mundo. De acordo com informações da OMS (Organização Mundial de Saúde), 32 pessoas se matam no Brasil por dia, enquanto no mundo essa taxa sobe para um suicídio a cada 40 segundos.

“A sociedade de psiquiatria chegou a conclusão de que quanto mais você fala disso mais você pode ajudar. Não existe mais o paradigma do silêncio. Temos que conversar, falar sobre o assunto. Segundo OMS, mais de 90% dos casos de suicídio estão associados a distúrbios mentais, podendo ser evitados se tratados devidamente”, explicou o vereador.

Irmã Odette também detalhou o trabalho do Serviço de Escuta e sua função. “Não nos denominamos como Pastoral da Escuta, pois não fazemos evangelização e muito menos terapia. Procuramos acolher quem nos procura com empatia, respeito e afeto, para escutar as dores, angústias e dificuldades, e em silêncio proporcionar alívio e dar a oportunidade para que a pessoa reorganize o pensamento em busca de autonomia. O serviço de escuta não tem a pretensão de resolver os problemas, mas auxiliar para que as pessoas resolvam”, disse.

O serviço é oferecido na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, através de plantões. O atendimento na Catedral acontece de segunda-feira a sábado e às terças-feiras (15h30 às 17h), quartas-feiras e quintas-feiras (9h às 10h30), na Igreja do Rosário. Desde o início do serviço em julho de 2014, os voluntários já fizeram o acolhimento de mais de 1.700 pessoas.

Dr. Claudio comentou a importância do trabalho realizado e reforçou o convite para que a comunidade participe da mesa-redonda na próxima quinta-feira (12/9). Pelo segundo ano ele será o mediador dos trabalhos, que contarão ainda com o vereador Antônio Bugalu, autor da Lei Municipal 4.576/17, que instituiu a Semana Municipal de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio, o ex-vereador e voluntário do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), Jorge Luiz Martin, o médico psiquiatra Luiz Fernando Ribeiro da Silva Paulin, a presidente da Associação dos Psicólogos de Bragança Paulista, Maria Cristina Assis Lo Sardo, a secretária Municipal de Saúde, Marina de Oliveira, e a representante do Papo Sério Jovens, Simone Bueno.