​Café é tema de dois projetos de lei debatidos pela Comissão de Justiça
14 de Agosto, 2019
Ditinho Bueno do Asilo quer acrescentar ao calendário do município a Festa do Café, além de tornar o cafeeiro o arbusto símbolo de Bragança

Foram aprovados pela Comissão de Justiça, Redação, Defesa do Meio Ambiente e do Consumidor, na tarde desta terça-feira (13/8), os pareceres favoráveis aos projetos de lei que instituem em Bragança Paulista a Festa do Café e o cafezeiro/cafeeiro como arbusto símbolo do município. As iniciativas são do vereador Ditinho Bueno do Asilo, membro da comissão, e contou com o apoio dos colegas.

Claudio Moreno foi relator da proposta que cria a Festa do Café, o projeto de lei 49/19. De acordo com o vereador, a proposta do autor é que o evento ocorra todos os anos em maio, tendo em vista que o dia 24 de maio é considerado Dia Nacional do Café. “A festa visa o resgate da tradição sobre algo que muito contribuiu para o desenvolvimento da economia e da sociedade brasileira e foi destaque de plantio na região”, pontuou.

Já Marcus Valle relatou o PL 50/19, que coloca o café como arbusto símbolo do município. “Bragança, no passado, foi uma das maiores regiões produtoras do café, com grandes fazendeiros fazendo parte da nossa história. Hoje, temos uma realidade diferente, sem grandes fazendas, mas há um movimento no sentido de tornar o nosso café, hoje produzido em menor escala, mas com grande qualidade, como um atrativo para o turismo. A instituição do símbolo pode auxiliar nessa ideia”, comentou.

Os vereadores deliberaram ainda os pareceres favoráveis às moções 70 e 72/19. Na moção 70/19, Rita Leme requer estudos visando realização de parceria com as cooperativas de catadores, para distribuição de triciclos de reciclagem, também conhecidos como ciclolix. O relator foi o vereador Marco Antonio Marcolino.

Moufid Doher propôs, pela moção 72/19, estudos visando o envio a esta Casa de projeto de lei complementar dispondo sobre a regularização de construções no Município, nos mesmos moldes da Lei Complementar nº 551/2007. O relator foi Ditinho Bueno do Asilo.

Composta por Marco Antônio Marcolino (presidente), Basilio Zecchini Filho (vice), Claudio Moreno, Ditinho Bueno do Asilo e Marcus Valle, a Comissão de Justiça volta a se reunir na próxima terça-feira (20/8), às 14h30, no auditório da Câmara. A sessão pode ser acompanhada presencialmente ou pela internet, no site www.camarabp.sp.gov.br, Youtube (www.youtube.com/camarabraganca) e Facebook (www.facebook.com/camarabragancapaulista/). Os munícipes podem também participar enviando questionamentos durante a sessão para o e-mail (dci@camarabp.sp.gov.br).