Câmara reconhece voluntários de destaque na 4ª Sessão Solene do ano
05 de Agosto, 2019
Doze munícipes foram agraciados com diploma de honra ao mérito, após indicações dos vereadores

A Câmara Municipal de Bragança Paulista realizou, nesta quinta-feira (1/8), solenidade para concessão do diploma de honra ao mérito aos voluntários que se destacaram em atividades realizadas no município. Os doze munícipes foram homenageados em solenidade conduzida pela presidente Beth Chedid, com a participação dos vereadores Antônio Bugalu, Basilio Zecchini, Ditinho Bueno do Asilo, Claudio Moreno (representando o deputado estadual Edmir Chedid), Fabiana Alessandri, João Carlos Carvalho, José Gabriel, Moufid Doher, Natanael Ananias, Paulo Mário, Rita Leme e Sidiney Guedes. O evento também contou com a presença do vice-prefeito Amauri Sodré (representando o prefeito Jesus Chedid), do bispo diocesano de Bragança Paulista, Dom Sérgio Aparecido Colombo, do comandante Interino do 34º Batalhão de Polícia Militar do Interior, major PM Elton Arauto Demétrio.

A presidente Beth Chedid ressaltou a importância de reconhecer a atividade de cidadãos que dispõem de tempo para o voluntariado. “A solenidade é importante para homenagear pessoas que muitas vezes deixam de estar com os familiares para doar tempo a pessoas com as quais não tem vínculo sanguíneo. Mas também é uma oportunidade de encorajamento para que todos saiam daqui com vontade de ser voluntário”, destacou Beth Chedid.

“É uma honra participar e representar o prefeito nesta noite festiva, em que Bragança Paulista reconhece o trabalho de pessoas que prestam serviços voluntários. A Administração abraça a todos os homenageados pelo grande exemplo e relevantes serviços prestados”, completou o vice-prefeito Amauri Sodré.

Para o Major Demétrio, é o reconhecimento que motiva a atuação voluntária dos homenageados. “Diz um especialista em combates, o coronel norte-americano David Brown que o reconhecimento é fundamental para a atividade do combatente, seja com a entrega de uma medalha ou solenidade. O reconhecimento e o afeto do dia a dia são fundamentais para que eles continuem com a missão, e com a entrega do diploma os homenageados vão adquirir a motivação e o combustível necessários para abdicar do próprio tempo, em benefício do próximo”, afirmou.

Dom Sérgio Aparecido Colombo completou destacando os benefícios do voluntariado. “É uma alegria estar nessa Casa de Leis para a sessão solene que homenageia os voluntários, e a conclusão que cheguei é que tem muita gente boa e séria. Às vezes a gente se perde com uma infinidade de coisas que não acrescentam absolutamente nada na nossa vida e o voluntário é alguém que está disposto a não reservar nada para si, que dá seu tempo para o próximo, e quando faz isso, ganha mais saúde física e mental”, disse.

Receberam os diplomas os voluntários: Ademir Martins da Silva (homenageado pelo vereador João Carlos Carvalho), Célia de Oliveira Zago (homenageada pelo vereador Dr. Claudio), Dulcineia Alves de Oliveira (homenageada pelo vereador Paulo Mário Arruda de Vasconcellos), Edson Faralhi – Marinho (homenageado pela vereadora Rita Leme), Flávia Bueno (homenageada pelo vereador Moufid Doher), Jair de Freitas Diniz (homenageado pelo vereador Basilio Zecchini Filho), João Batista de Oliveira (homenageado pelo vereador Sidiney Guedes), Luiz Carlos Arrebola (homenageado pelo vereador Claudio Moreno), Paulo Aquino Vieira da Costa (homenageado pela vereadora Fabiana Alessandri), Vilma Gomes de Oliveira (homenageada pela vereadora Beth Chedid), Wagner Gomes dos Santos (homenageado pelo vereador José Gabriel Cintra Gonçalves) e Warley Diniz Tavares (homenageado pelo vereador Antonio Bugalu).