​Projeto Adote o verde ganha nova versão e começa a tramitar na Câmara Municipal
14 de Setembro, 2018
Vereador Marcolino agradeceu ao Executivo por tornar sua moção um projeto de lei

O vereador Marco Antonio Marcolino comentou, na sessão desta terça-feira (11/9), o projeto de lei 41/18, do Executivo que passa a tramitar na Câmara. A iniciativa institui o programa Adote o Verde, como incentivo à pessoas físicas, jurídicas e entidades que auxiliem na manutenção de áreas públicas. Como contrapartida, ficam as empresas, entidades ou pessoas interessadas autorizadas a instalar uma ou mais placas de publicidade, de acordo com o espaço cuidado e requisitos do projeto.

“No ano passado tive a moção 27/17 aprovada. Essa moção pedia alterações na lei que instituía o programa Adote o Verde. Esse projeto precisava ser atualizado, encaminhei até uma minuta de lei para que fosse feita a alteração. Porém, para minha alegria, a Câmara acabou de receber não um projeto de lei alterado, mas um projeto totalmente novo, além do pedido de revogação da lei antiga”, comentou o vereador.

Segundo Marcolino, já há casos de pessoas interessadas em adotar algumas áreas do município. “Às vezes a pessoa, empresa ou entidade, tem um espaço público próximo a sua sede e já o preserva. Nada mais justo do que esse reconhecimento que a lei prevê. Muito importante saber que uma moção virou um projeto de lei. Ficamos muito tolhidos em nossas ações como vereadores. A Prefeitura viu a importância deste tema e encaminhou para nós essa proposta”, considerou.

Como presidente da Comissão Permanente de Justiça, Redação, Defesa do Meio Ambiente e do Consumidor, o vereador comentou a atuação dos vereadores em relação ao canil municipal. “Estamos discutindo essa questão pela Comissão. Na semana passada recebemos Antonina Abi Chedid que teve toda liberdade de fazer suas colocações em relação ao espaço. Hoje recebemos o secretário municipal de Meio Ambiente, Alexandro de Souza Morais, para passar seu posicionamento em relação à isso, nos fornecer informações. Na semana que vem teremos a presidente da Faros D’Ajuda, Márcia Davanzo, para dar sequência a esse tema”, informou.