Unificação de cargos de fiscais é debatida pela Comissão de Finanças
11 de Julho, 2018
Moção requer estudos para criar o cargo de fiscal de atividades urbanas

A Comissão de Finanças, Orçamento, Obras, Serviços Públicos e Desenvolvimento Urbano aprovou, na quarta-feira (11/7), o parecer favorável à moção 36/18. De autoria do vereador Basilio Zecchini Filho, a proposta requer estudos visando à unificação dos cargos de fiscal de posturas e fiscal de obras em uma única categoria, passando a denominar-se auditor fiscal de atividades urbanas.

O relator foi o vereador Marco Antonio Marcolino que destacou os benefícios da iniciativa. Os fiscais de postura Everton Duarte Molow e Ivan de Paula participaram da sessão e pontuaram algumas das vantagens da unificação. “Este projeto é muito bom para Bragança e para a fiscalização. Atualmente somos 15 fiscais de obras e 13 de posturas, se tivermos esta unificação, seremos 28 fiscais para o município, facilitando e agilizando o trabalho”, comentou Molow.

“Estamos tentando voltar ao que já acontecia antigamente, quando trabalhávamos unificados. Algumas cidades já trabalham desta forma e tem tido sucesso”, afirmou Ivan.

Já o projeto de lei 21/18, que institui plantão noturno para farmácias e drogarias, teve o parecer pela discussão em Plenário aprovado. A iniciativa é do vereador Dr. Claudio e teve como relator Mario B. Silva.

Composta pelos vereadores Sidiney Guedes (presidente), Fabiana Alessandri (vice), Marco Antonio Marcolino, Mario B. Silva e Tião do Fórum a comissão volta a se reunir na próxima quarta-feira (18/7), às 8h. A sessão pode ser acompanhada presencialmente ou por meio do site www.camarabp.sp.gov.br. Também há possibilidade de participar enviando questionamentos durante a sessão para o e-mail (dci@camarabp.sp.gov.br) ou pela página do Facebook da Câmara (www.facebook.com/camarabragancapaulista).