21 de Novembro, 2022

Câmara entrega Medalha Zumbi dos Palmares

Cinco pessoas de destaque na atuação em defesa da causa dos afro-descendentes no município foram homenageadas

A Câmara Municipal de Bragança Paulista realizou a 10ª Sessão Solene do ano na quinta-feira (18/11) para a entrega da Medalha Zumbi dos Palmares a cinco homenageados, como reconhecimento pela defesa da causa dos afro-descendentes no município. A solenidade contou com a presença de amigos e familiares dos indicados, da presidente da Câmara Municipal de Bragança Paulista, Gislene Cristiane Bueno (Gi Borboleta), da secretária Municipal de Cultura e Turismo Vanessa Nogueira, que representou o prefeito Municipal de Bragança Paulista, Amauri Sodré da Silva, e da vereadora Missionária Pokaia.

Das entidades que fizeram indicações participaram Márcia Regina Davanso, representando a Faro’s da Ajuda, o diretor presidente da Acohab (Associação Comunitária de Habitação Popular de Bragança Paulista), Bruno Leme, a advogada Thairine Cristina da Silva Domingos, presidente da Comissão da Verdade sobre a Escravidão Negra no Brasil da 16ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Bragança Paulista, e a advogada Suzelaine dos Santos Ferreira Lopes, diretora secretária geral-adjunta da entidade, Deliana Silva que representou a Residência Inclusiva Rosa Maria e o Pai Bill, da Abuc (Associação Bragantina de Umbanda e Candomblé).

Os cinco agraciados com a medalha Zumbi dos Palmares foram: Érico Husani de Oliveira, indicado pela Faros D’Ajuda, Marcela Cristina Castilho, indicada pela Acohab (Associação Comunitária de Habitação Popular de Bragança Paulista), Izilda Aparecida de Toledo, indicada pela Comissão da Verdade sobre a Escravidão Negra no Brasil da 16ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Bragança Paulista, Gisele Bertolini, indicada pela Residência Inclusiva Rosa Maria, e Edison de Oliveira Rodrigues, indicado pela Abuc (Associação Bragantina de Umbanda e Candomblé).

Com a entrega das medalhas, a presidente Gislene Cristiane Bueno (Gi Borboleta) relembrou a trajetória de Zumbi dos Palmares e a luta antirracismo ao encerrar a cerimônia. “Há 327 anos, o legado de um dos maiores protagonistas da luta antiescravista e antirracista tem servido como inspiração para quem tem sido obrigado a experimentar a pior parte de um país onde o racismo ainda dá as cartas. O trabalho dos homenageados e nosso em busca da igualdade racial é árduo e a resistência outrora protagonizada por Zumbi dos Palmares deve ser motivação para que desigualdades materiais fundadas em raça sejam lançadas por terra no Brasil”, concluiu a presidente.

Veja a sessão na íntegra em:

https://www.youtube.com/watch?v=GAYgRordZVA&list=PL8orV956cLlMGLvBqI0FkAGtGo3Bl6XUF&index=6

a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi!