31 de Agosto, 2022

Câmara aprova declaração de utilidade pública da Abra

Outras sete matérias foram deliberadas pelo Plenário na 31ª Sessão Ordinária, realizada nesta terça-feira (30/8)

A Câmara Municipal da Estância de Bragança Paulista aprovou, por unanimidade, a declaração de utilidade pública da Abra (Associação Bragantina de Atletismo). A proposta foi encaminhada ao Legislativo pelo vereador Marco Antonio Marcolino, que, antes da votação, apresentou o trabalho realizado pela entidade, com a participação na Tribuna Livre da presidente da associação, Sara Santos Pereira Romani.

Fundada em 2010, a Abra é uma associação civil, de duração ilimitada, sem caráter político, econômico, lucrativo ou religioso, e congrega essencialmente os praticantes de qualquer modalidade de atletismo, podendo filiar-se a entidades de administração do Desporto Formal. O objetivo da entidade é promover eventos esportivos e sociais, participar de competições, dentre outros. Além de fornecer atividade de iniciação ao esporte, a associação garante o acompanhamento psicológico e social do jovem, ajudando com a diminuição da exposição aos riscos sociais.

“Nosso projeto visa atender jovens de 12 a 17 anos, através de treinamentos de atletismo realizados duas vezes na semana”, explicou Sara. Atualmente ela e o marido, o campeão mundial Darlan Romani, tem mantido a iniciativa no que se diz respeito à questão financeira, portanto a declaração de utilidade pública poderá auxiliar na arrecadação de verbas, dentre outros benefícios. “O projeto já está acontecendo. Este ano tivemos o 12º lugar em campeonato estadual, com apenas dois meses de treinamento; 7º lugar no campeonato estadual e crianças avançando na fase estudantil dos jogos escolares. No campeonato brasileiro sub-18 conseguimos inscrever 10 atletas, tendo 10º lugar no arremesso de peso, melhoras de marcas, uma menina no heptatlo que ficou como 12ª colocada. A cidade tem matéria prima. Realizamos os treinamento dentro da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo). Hoje conseguimos sustentar 39 atletas com transporte, alimentação, uniforme e treinamento”, informou, convidando os vereadores para conhecerem a iniciativa. Além deste projeto, há também o Atletismo na Escola, em parceria com a rede municipal de Educação, que deve ser retomado.

O autor da proposta, vereador Marcolino, comentou “o destino de todo esse trabalho é um só: o nosso jovem, nossa juventude. Temos o privilégio de ter em Bragança pessoas como eles que defendem esse interesse, primeiro porque sabem o que fazem, segundo porque tem a vontade de fazer e terceiro porque não medem esforço pra fazer”. Marcolino encaminhou votação favorável, recebendo apoio unânime da Casa.

A matéria foi aprovada em turno único, bem como outros três projetos de lei que tratam de denominação de bem público e um projeto de decreto legislativo que dispõe da concessão do título de cidadão bragantino.

Fabiana Alessandri assina o PL 65/2022, que denomina Thereza Gomes de Oliveira via pública localizada no Bairro Morro Grande da Boa Vista. Ela também é autora do PL 67/2022, que passa a denomina José Marques de Oliveira (Zé Raiá) via pública localizada no Bairro Biriçá. Já o PL 66/2022, do vereador Claudio Coxinha, denomina Rua Geraldo Maciel Leme Junior a via pública que se inicia na Rua Antônio Lupe, localizada no Jardim Iguatemi, conhecida como Rua Três.

Rita Leme propôs, pelo projeto de decreto legislativo 8/2022, a concessão do título de cidadã bragantina a Kathia Bonna. Já o projeto de decreto legislativo 9/2022, do vereador Marco Leitão teve votação adiada, devido a ausência do autor.

Em 1º turno, a Casa aprovou o projeto de lei 50/2022, que implementa a Política Municipal de Conscientização sobre a Depressão Infantil e na Adolescência. A proposta é de autoria da vereadora Missionária Pokaia. A presidente Gislene Bueno assinou os outros dois PLs apreciados em 1º turno, ambos tratam sobre a inclusão de atividades no Calendário de Eventos do Município. O PL 51/2022 trata da Cãominhada, enquanto o PL 52/2022 refere-se ao Encontro de Veículos Antigos. As matérias foram aprovadas por unanimidade.

Além de Sara Romani, participou da Tribuna Livre a advogada Rafízia Tavares da Silva, vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB Bragança Paulista. Rafízia trouxe dados sobre o Agosto Lilás e o enfrentamento à violência contra a mulher em âmbito doméstico e familiar. A advogada esteve acompanhada da secretária adjunta da OAB Bragança, Suzelaine dos Santos Ferreira Lopes, que trouxe informações sobre o trabalho realizado pela Ordem ao longo deste mês para promover formação sobre o tema aos profissionais. O vereador apresentante foi Marco Antonio Marcolino.

A Câmara Municipal de Bragança Paulista realiza a 32ª Sessão Ordinária do ano na próxima terça-feira (6/9), às 14h, no Plenário da Casa. A sessão pode ser acompanhada presencialmente ou pelo site da Câmara (www.camarabp.sp.gov.br), no canal do Youtube (www.youtube.com/camarabraganca), e na página do Facebook (www.facebook.com/camarabragancapaulista), além do canal da TV Alesp, na operadora NET.

Veja a sessão na íntegra em:

https://www.youtube.com/watch?v=-ZDlh3ZFNbU

a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi!