05 de Agosto, 2022

​Frente Parlamentar debate tratamento oncológico com Santa Casa

Reunião ocorreu na manhã de sexta-feira (5/8)

Os membros da Frepaato (Frente Parlamentar para Debater Especificamente Assuntos Relativos aos Serviços e Demandas do Tratamento Oncológico) estiveram, na manhã desta sexta-feira (5/8), no Complexo Hospitalar Santa Casa de Bragança Paulista para debater o atendimento oncológico em Bragança. A reunião faz parte das atividades da frente parlamentar que busca ampliar políticas públicas visando melhorias no atendimento à população.

Participaram da reunião a presidente da Câmara, Gislene Cristiane Bueno (Gi Borboleta), a presidente da Frepaato, Fabiana Alessandri, os membros da frente parlamentar Jocimar Scotti e Missionária Pokaia, além do provedor da Santa Casa, João José Marques, o diretor executivo Francisco Carlos dos Santos, o diretor técnico Filadelfo Gândara M. Neto e o superintendente operacional Eduardo Silva.

A vereadora Fabiana Alessandri iniciou explicando o objetivo da Frepaato e solicitando informações sobre o atendimento oncológico da Santa Casa. Atualmente, este serviço é oferecido somente aos pacientes particulares ou conveniados. Mesmo assim, os vereadores puderam ouvir atentamente o fluxograma do atendimento e compreender as etapas do serviço prestado. “Pudemos conhecer melhor o trabalho realizado pela Santa Casa na questão de oncologia. Felizmente pudemos observar que em relação a convênios e atendimentos particulares não há demanda reprimida. Questionamos então sobre a possibilidade da ampliação do serviço visando o SUS”, explicou Fabiana.

Em relação a este tema, o provedor da entidade, João José Marques esclareceu “a Santa Casa está realizando os estudos, tendo em vista a demanda dos serviços de oncologia pelo SUS, e elaborando todas as normativas, avaliando se há possibilidade de solicitar o credenciamento na área oncológica. Havendo viabilidade, a Santa Casa pode fazer essa solicitação. Estamos numa fase inicial, avaliando as primícias para saber se vamos ou não solicitar o credenciamento”.

Mesmo com a proposta ainda em fase de estudos, a notícia foi bem recebida pelos membros da Frepaato. “Torcemos para que isso aconteça, para que nossa população tenha cada vez mais atendimento oncológico nos hospitais. Colocamo-nos a disposição da Santa Casa. Vamos contatar nossos deputados federais e estaduais para ajudar nesse trâmite se ele for viabilizado e também buscando emendas parlamentares para auxiliar na manutenção de todo atendimento do SUS. Também solicitamos que eles nos atualizem em relação a estes estudos”, reforçou a vereadora Fabiana.

A presidente da Câmara, Gislene Bueno, explicou a importância desta iniciativa. “Sabemos do trabalho realizado pela Santa Casa e muito nos alegra a possibilidade da ampliação para o atendimento oncológico no SUS, pois sabemos da demanda crescente na região. Vamos aguardar estes estudos e seguir com nosso apoio através da captação de emendas parlamentares e criação de políticas públicas que favoreçam a saúde em nosso município”, afirmou.

A Freepato já esteve reunida com a secretária municipal de Saúde, Marina de Oliveira, representantes do HUSF (Hospital Universitário São Francisco) e da ABCC (Associação Bragantina de Combate ao Câncer). Ao final dos trabalhos, será elaborado relatório das atividades realizadas que será encaminhado à Mesa Diretora da Câmara Municipal para as devidas providências.

Galeria de Fotos

a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi!