​Moufid anuncia construção de área para atendimento de radioterapia no HUSF
07 de Junho, 2018
Vereador comentou abertura de licitação pra obra e benefício que trará para região

O vereador Moufid Doher comemorou, durante sua manifestação na sessão desta terça-feira (5/6), a abertura da licitação par a construção da ala de radioterapia para o HUSF (hospital Universitário São Francisco). O edital foi lançado na semana passada e prevê investimento de R$ 6 milhões para as obras.

“Ano passado estive em Brasília para reivindicar investimentos na área de radioterapia em Bragança. Isso já é um pedido desde a época da presidente Dilma. Os freis responsáveis pelo HUSF também tem pedido isso para muitos deputados. Para minha alegria, na semana passada saiu o edital de licitação de R$ 6 milhões para construção da radioterapia no HUSF. Isso é esforço de todos os partidos e da insistência irmandade [Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, responsável pelo HUSF], eles conseguiram fazer isso acontecer”, disse.

O vereador explicou que o processo de construção não é imediato. “Essa é a abertura do edital para licitação, vai demorar um pouco mais para construção. Mas, só de saber que os pacientes de Bragança e região poderão ser atendidos aqui é uma alegria muito grande. Isso faz valer a pena fazer parte do poder público: poder fazer o bem coletivo. Essa é uma conquista enorme que queria dividir com vocês”, comemorou.

Moufid parabenizou os freis pelo cuidado com que gerem o Hospital Universitário e comentou que, já em 2019 as equipes que irão trabalhar na área de radioterapia começaram a realizar cursos. “Em janeiro terá início o treinamento da equipe médica que vai trabalhar nesse departamento. Provavelmente teremos problemas com o estacionamento, que vai ficar pequeno, mas essa é uma grande conquista para Bragança e Região”, finalizou.

Reviva Saúde

Durante sua fala, o vereador também apresentou informações sobre a inscrição de funcionamento municipal e alvará das Organizações Sociais Associação de Saúde Beneficente de Indiaporã- Reviva Saúde e Med Life.

Moufid havia questionado a Administração se essa documentação estava regularizada. Na resposta do pedido de informações, a secretária de Saúde, Marina de Oliveira reafirmou que ambas possuem as inscrições municipais, porém os alvarás de funcionamento ainda não foram providenciados.

“Gostaria de fazer um esclarecimento, fiz esse pedidos de informação e na resposta que veio a inscrição municipal só aconteceu agora, depois de eu ter questionado. Os alvarás ainda não foram nem expedidos. Pergunto: se eu não tivesse feito o pedido de informações eles não estariam regularizando essas coisas? Eles estão trabalhando aqui e pagando impostos em outras cidades”, afirmou.