11 de Agosto, 2020

Comissão encaminha para aprovação moção que sugere UBS no Lago do Moinho

Matéria de autoria do vereador Mário B. Silva, que também sugere ao prefeito a construção de praça de lazer, segue para tramitação na Comissão de Finanças

A Comissão Permanente de Justiça, Redação, Defesa do Meio Ambiente e do Consumidor realizou a 28ª Sessão Semanal do ano nesta terça-feira (11/8), com a emissão de parecer favorável para a aprovação de uma moção.

O presidente Claudio Moreno foi o relator e encaminhou a moção 35/2020, de autoria do vereador Mário B. Silva, para aprovação. Na matéria, o autor propõe ao prefeito a realização de estudos para a construção de unidade básica de saúde e de praça de lazer no Jardim Lago do Moinho.

Com o parecer, o presidente da Comissão de Justiça designou relatores para cinco moções em trâmite na Casa. Marcus Valle fará o parecer da moção 36/2020, do vereador Sidiney Guedes. No texto o vereador propõe ao prefeito a realização de estudos para a elaboração do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Agentes da Autoridade de Trânsito.

Para a moção 37/2020, também do vereador Sidiney Guedes, com manifestação de apelo ao Governador João Dória e ao secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, para a realização de estudos para o desmembramento da cidade de Bragança Paulista da região de Campinas, foi destacado para a relatoria o vereador Basilio Zecchini.

O presidente Claudio Moreno será o relator da moção 38/2020. O texto, da vereadora Rita Leme, propõe a elaboração de estudos para a criação de uma vitrine virtual para divulgação de trabalhos de artesanato, gastronomia e turismo de Bragança Paulista.

Ditinho Bueno do Asilo é o responsável pelo parecer da moção 39/2020. A matéria, de autoria do vereador João Carlos Carvalho, requer do prefeito estudos para o estabelecimento de prazo para entrega de órteses e próteses na rede pública de saúde.

Ao vereador Marco Antônio Marcolino foi destacada a relatoria da moção 40/2020. O texto, de autoria do vereador Ditinho, propõe a manifestação de apoio do Legislativo bragantino para a aprovação do projeto de lei 3022/2020, de autoria das deputadas Maria do Rosário e Rejane Dias. A matéria, em tramitação na Câmara dos Deputados, propõe a criação do auxílio-cuidador para pessoa idosa e/ou com deficiência que necessite de terceiros para realização das atividades de vida diária e dá outras providências.

A Comissão de Justiça é composta pelos vereadores Claudio Moreno (presidente), Ditinho Bueno do Asilo, Basilio Zecchini, Marco Antônio Marcolino e Marcus Valle, e volta a se reunir na terça-feira (18/8), às 14h30. A participação presencial do público nas atividades da Câmara permanece suspensa, para evitar aglomerações e a disseminação da Covid-19. Os trabalhos podem ser acompanhados através da internet nos sites www.camarabp.sp.gov.br, Youtube (www.youtube.com/camarabraganca) e Facebook (www.facebook.com/camarabragancapaulista/).

a gente guarda estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação, saiba mais em nossa política de privacidade.

Entendi!