Paulo Mário questiona falta de investimento do consórcio Voa São Paulo
14 de Fevereiro, 2020
Concessionária gestora do aeroporto Arthur Siqueira foi citada em matéria da EPTV Campinas

O vereador Paulo Mário mencionou preocupação com relação à gestora do Aeroporto Arthur Siqueira, durante manifestação na tribuna. Na fala, feita durante a 2ª Sessão Ordinária do Ano (11/2), o vereador mencionou reportagem da EPTV Campinas, em que o Consórcio Voa São Paulo é citado.

“Em 2018 eu convidei os gestores do Consórcio Voa São Paulo para falar sobre o início do trabalho no Aeroporto Arthur Siqueira, na Comissão de Assuntos Socioeconômicos. Assisti uma reportagem da EPTV Campinas que informava o processo aberto pelo Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) para investigar a demora do grupo em cumprir o cronograma de obras do Aeroporto dos Amarais, em Campinas, com investimento esperado de R$ 4 milhões e até o momento os frequentadores do local não percebem qualquer melhoria significativa”, comentou Paulo.

Na tribuna, o vereador afirmou desconhecer detalhes do contrato de gestão do aeroporto de Bragança Paulista, mas afirmou que fará um estudo detalhado do documento e ponderou que a situação do município vizinho deve servir de alerta, pois é certo que a Voa São Paulo deve promover melhorias nas instalações do Aeroporto Arthur Siqueira. “Eu não conheço todo o contrato, mas se não estou enganado, ele prevê alguns investimentos para o município, e até o momento o que podemos observar é um ligeiro aumento de movimento no aeroporto, mas desconheço qualquer sinal de obra e podemos dizer que a situação do Aeroporto dos Amarais é semelhante ao que ocorre em Bragança Paulista”, encerrou o vereador.